Conheça detalhes do 1º CD de Kau Mascarenhas
Links
Curso Básico de PNL
Vídeos Kau
  Facebook Youtube  
 
PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA:
CAMINHO MENTAL PARA O SUCESSO

Há pessoas mais felizes que outras.

Conseguem sucesso pessoal e profissional, equilíbrio emocional, qualidade de vida em todos os sentidos. Parece até que encontraram uma fórmula mágica que as torna mais capazes de lidar com os dissabores e até sabem como transformá-los em impulsos para um maior crescimento.

O que será que essas pessoas têm que as faz tão especiais? Como será que se estrutura a sua forma de pensar? Como se comunicam com aqueles que as cercam e consigo mesmas? O que fazem para ter tanto sucesso?

Foi a busca dessas respostas que, nos anos 70, fez dois americanos, Richard Bandler e John Grinder, desenvolverem a Programação Neurolinguística, que é considerada hoje a "Nova Tecnologia do Sucesso".

A PNL, como também é conhecida, encara a excelência pessoal como

resultado de uma série de procedimentos mentais que acabam por trazer

repercussões no nível físico também, pois nesse modelo o ser humano é

visto de forma sistêmica. Não há como separar mente de corpo, emoção de mente, corpo de espírito. O ser esta perfeitamente integrado e cada uma dessas facetas se relaciona intimamente com as outras.

Outro aspecto importante é que a PNL encara o ser humano como um universo de inúmeras partes ou subpersonalidades. Cada uma das atitudes e comportamentos é resultado da ação dessas subpersonalidades interiores.

Por exemplo, podemos dizer que alguém tem uma parte que cuida do seu raciocínio matemático, outra que é responsável pelo seu lado sensível às artes, outra que controla sua saúde física etc. Cada uma dessas partes cuida de um aspecto da sua vida. Costumo brincar dizendo que às vezes alguém casa com uma pessoa e leva dez pra casa, pois a cada dia vai descobrindo um aspecto diferente da sua personalidade. Aliás, ainda bem que somos assim: seres plurais.

Podemos dizer que em uma pessoa há uma parte que, por exemplo, a impulsiona a um vício. Essa parte não está buscando destruição ou malefício, e sim um ganho que esse vício pode trazer. Essa é a única forma que aprendeu para obter esse objetivo. Pode ser que, bem lá no fundo, essa subpersonalidade queira prazer, ou atenção dos seres queridos, ou autoconfiança, ou poder, ou qualquer outro recurso com o qual entra em contato quando se deixa levar por esse vício. Ela apenas ainda não sabe como atingir esse objetivo de uma outra forma.

O cérebro humano é uma máquina de aprender. O tempo todo fica fazendo associações e conectando uma coisa com outra. Em algum momento uma parte pode ter aprendido algo, até mesmo na infância, e que ainda hoje está trazendo resultados. São crenças, limitantes ou impulsionadoras, conscientes ou não, que promovem direcionamentos na vida.

O sucesso de alguém, por exemplo, pode ser motivado por uma crença, de uma parte sua, de que "não há obstáculo intransponível". Essa crença pode ter se instalado quando em dado instante, na infância, ela viu o pai, desempregado, conseguir se soerguer e montar um grande negócio, tornando-se bem sucedido.

Uma outra pessoa, uma mulher, pode ter uma vida afetiva bastante limitada por ter dentro de si uma crença de que "homem não presta". Essa crença se instalou no momento em que ouviu, aos doze anos, as lástimas da mãe em função do abandono que sofrera com algumas relações desfeitas.

Trazendo à baila a analogia de que podemos comparar o funcionamento da mente com um sistema informatizado, a todo instante inserimos arquivos (software), no nosso cérebro (hardware).

Resta saber se esses arquivos estão ou não precisando de atualização, complementação, revisão, para que a nossa condução no mundo seja mais adequada à conquista dos nossos objetivos.

E sucesso é algo absolutamente singular para cada pessoa.

Para alguém, sucesso é colocar mais dinheiro no bolso no final do mês, para outra pessoa sucesso vem a ser obter equilíbrio emocional no relacionamento com o chefe. Um pai pode sentir que sucesso será o instante em que obtiver uma comunicação mais harmoniosa com os filhos. Para outras pessoas a idéia de sucesso será deixar de lado um vício, ou emagrecer 10 quilos, ou atingir uma espécie de êxtase espiritual, ou curar-se de uma doença, ou uma combinação de diversos aspectos. Enfim, há para cada indivíduo uma idéia do que é sucesso.

Nos Cursos de Programação Neurolinguística que realizamos em São Paulo e em Salvador, enfocamos as técnicas e conceitos da PNL que podem ser úteis às mais diversas áreas profissionais e também aos processos pessoais de autoconhecimento e autotransformação.

A PNL pode trazer importantes ferramentas ao trabalho de terapeutas, educadores, líderes, profissionais de vendas, políticos, advogados, e todos os que de uma forma ou de outra lidam com seres humanos e buscam qualidade de vida. Resumindo, podemos dizer que PNL é um caminho mental para o sucesso.

 

Clique aqui e conheça detalhes sobre o

Curso Básico de Programação Neurolinguística - PNL com Kau Mascarenhas